Relações com Investidores

PORENG

Investimentos

Ao longo do segundo trimestre de 2020 a Klabin investiu R$ 998 milhões em suas operações e em projetos de expansão. Do montante total, R$ 47 milhões foram destinados às operações florestais e R$ 39 milhões investidos na continuidade operacional das fábricas, que representam juntos os investimentos em manutenção operacional da Companhia. Os investimentos em silvicultura foram menores no segundo trimestre devido à prolongada estiagem na região em que os ativos florestais da Klabin estão localizados e consequente postergação de plantio em algumas áreas. Parte dos investimentos em manutenção também foram postergados para o segundo semestre, que concentrará maior parte do montante orçado para o ano. Não obstante este efeito de calendário nos investimentos em manutenção operacional da Klabin, o orçamento para o ano de 2020 segue inalterado. Adicionalmente, R$ 4 milhões foram investidos em projetos especiais, caracterizados por projetos de alto e rápido retorno para atender propósitos estratégicos da Companhia. Os valores investidos representam visão caixa e, portanto, não consideram os investimentos decorrentes das atividades florestais das controladas por meio das Sociedades de Propósito Específico (SPE’s), realizados via aporte de ativos florestais já existente no balanço da Klabin.

Com relação ao projeto Puma II, até o momento foram desembolsados R$ 2,707 bilhões, dos quais R$ 908 milhões referem-se ao segundo trimestre de 2020 e R$ 1,435 bilhão referente ao acumulado nos seis meses do ano de 2020. Após a realização do processo de desmobilização temporária dos profissionais envolvidos nas obras de construção civil e montagem do projeto, conforme Fato Relevante divulgado no dia 23 de março de 2020, a Companhia efetuou a remobilização gradual dos trabalhadores no site ao longo do 2T20. Atualmente, a primeira máquina de papéis para embalagens do projeto conta com 45% do cronograma das obras já executado.

Aprovado no dia 16 de abril de 2019 e com Capex bruto previsto em R$ 9,1 bilhões, o novo ciclo de expansão compreende a instalação de duas máquinas de papéis para embalagens com capacidade de produção anual de 920 mil toneladas, situadas na Unidade Puma, onde a Klabin já opera a produção de celulose branqueada, na forma de fibra curta, fibra longa e fluff. O financiamento do projeto foi contratado pela Klabin junto a ECA’s, BNDES, BID Invest, IFC e JICA.

Última atualização em 5 de agosto de 2020.
Close